Medicina moderna

virusDoutor, o meu filho está com febre.

O nariz dele está entupido.

Ele não pára de chorar.

Está com dor de barriga.

Não está se alimentando bem.
Não consegue dormir.

Quer ficar no colo o tempo inteiro.

Vomitou várias vezes.

Antes que o doutor comece a fazer o diagnóstico eu queria combinar uma brincadeirinha:

O senhor promete que não vai me dizer que meu filho está com uma virose que passará em alguns dias ? Foram anos de estudo, residência, plantões, dedicação integral com noites em claro e distância da família. O senhor pode mais do que isto ! Vamos ! Confio no seu potencial… Já aprendi que pediatras gostam de brincar e falar no diminutivo para entreter a criançada, então vamos combinar que por dez minutos o senhor fica proibido de dizer a palavrinha mágica “virose”. Vamos ver quem ganha…Se falar virose, o pai do pacientinho dodói não pago a consultinha, há,há,há. Se o senhor conseguir passar pelo teste, e me disser o que o meu filho tem de fato, o senhor leva R$ 600,00 (mas com recibinho, por favor). Vamos  brincar ?

Por enquanto este diálogo é apenas um delírio de um pai que descobriu que a virose está para a medicina da mesma maneira que o tomate seco e as paletas mexicanas estão para a gastronomia, ou seja como uma praga de origem não identificada. Um dia esta será minha abordagem de verdade…

 

 

Anúncios

Comente aqui

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s